Falcoaria Online

VOCÊ QUER REALMENTE TORNAR-SE UM FALCOEIRO?

O Falcoeiro Juscelino Luís realizando o exercpicio de Lure-fly com Rá, o falcão.

O Falcoeiro Juscelino Luís com Rá, o falcão-de-coleira. Foto de Fernando Icaro

Você pode ter lido recentemente sobre esta antiga arte em um livro ou visto sobre o assunto através da televisão e rádio, talvez um filme, ou pode ter visto um falcão treinado em ação. Seja qual for o caso, você obviamente ficou impressionado o suficiente para querer saber mais sobre o esporte da falcoaria, e nós apreciamos seu interesse.

Poucas pessoas entendem quanto esforço e tempo é necessário para voar e treinar aves de rapina com qualidade, mantendo sua saúde em dia e praticando tudo dentro da lei e ética. Menos ainda estão dispostos a fazer os sacrifícios necessários.

  • Você possui tempo?


Falcoaria não é uma conquista de “fim de noite” Torna-se um falcoeiro aquele que estudou e se dedica a pratica de forma correta, procura associações ou falcoeiros experientes para o aprendizado. Seu falcão ou gavião requer uma quantidade significativa de tempo, todos os dias, 365 dias por ano, e uma filhote exige muito mais tempo. Rapinantes, ao contrário de um cão, necessitam de manejo constante e de conhecimento . Você pode conviver com este compromisso de tempo, mas e sua família está ciente disso? Seus filhos? Seu trabalho?

  • E a ética onde fica? Não seja desonesto, não capture rapinantes para falcoaria.

De todos os esportes no Brasil, a falcoaria é a única que utiliza uma criatura “selvagem” treinada para caça. Falcões, gaviões, águias e corujas são elementos essenciais da nossa vida selvagem. O falcoeiro competente tem o cuidado de seguir os princípios de conservação em busca da pratica sustentável do esporte, seguindo toda a legislação vigente. Muitas pessoas acham que não há o menor problema em capturar um rapinante da natureza, um indivíduo desinformado e descuidado, tentando satisfazer um capricho passageiro, pode fazer um grande dano a uma ou mais aves e lançar a sombra de descrédito sobre a falcoaria. A maioria dos falcoeiros, portanto, antes de concordar em ajudar alguém recém-atraído para o esporte, exigirá provas de um comprometimento sério ao esporte. A ética da prática da falcoaria com qualidade são uma parte importante da vida diária de um falcoeiro.

  • Comprar a ave é apenas o inicio de um ciclo de custos!


A maioria das pessoas pensam de imediato no custo de aquisição de um rapinante, mas o preço da ave é apenas o começo, supondo que você pode comprar um. Você deve ter dinheiro para gastar com alimentação, equipamentos, despesas veterinárias e viagens. Para mantê-lo saudável. No Brasil não é necessária licença para compra de rapinantes, portanto não havendo custo de licenciamento para um animal proveniente de criadouro autorizado pelo IBAMA. A maioria dos falcoeiros também gastam uma quantidade considerável de dinheiro em livros como uma fonte de informação vital e prazerosa.

Porém o maior gasto são os de “viagem” a campo que devem ocorrer de acordo com a espécie desejada e disponibilidade de tempo.

IMG_20150516_101243

  • Acesso a locais de voo, como devo proceder?


Você deve ter permissão para entrar em locais particulares que julga adequados e convenientes para voar seu rapinante, portanto entre em contato com o dono ou responsavel veja as possibilidades. Os falcões exigem grandes extensões de terra e areas abertas onde podem ser voados por altanaria ou em longas perseguições sem adentrar em áreas urbanas, enquanto gaviões e pequenos accipiters podem caçar em campos ou fazendas menores. Estradas, linhas de energia, ambientes urbanos e cercas de arame farpado podem tornar um local inutilizável por causa das ameaças potenciais à seu rapinante e ao falcoeiro.

 

  • Se pergunte antes de entrar no mundo da Falcoaria:
  • Você está pronto para começar de baixo e ficar lá pelo tempo necessário para aprender?
  • Você pode ouvir e seguir os conselhos de outras pessoas?
  • Quanto você já leu? Um compromisso sério para se tornar um falcoeiro muitas vezes é evidenciado por um apetite voraz para livros ou informações online.
  • Você está emocionalmente preparado para compartilhar sua vida com uma animal que tem evoluído ao longo de milhões de anos como um predador e se alimenta de outros animais?
  • Depois de investir todo esse tempo e esforço, você realmente entende que, a qualquer momento do vôo livre, sua ave pode optar por simplesmente voar para longe e nunca mais voltar?

Este é apenas um breve panorama. Ele não se destina a ser desanimador. Ele foi criado para fazer você perceber que a arte e a prática da falcoaria são meses e anos de trabalho duro pontuados por breves momentos de alegria e emoção, assim como momentos de tristeza, dor, estresse e frustração.

Se você achar que está pronto para levar a sério, os próximos passos são manter contato com uma associação ou falcoeiro experiente de sua região. Forte abraço a todos!

Fontes:
– www.cfbio.gov.br
– www.ibama.gov.br
– www.iaf.org
– www.falcoariaonline.com/forumn

 

Comtentarios

Comentario

Sobre o Autor Ver todos os post's Autor do Site

Israel Pimentel

Israel Pimentel (1986),Biólogo, Iniciou a falcoaria em Belo Horizonte, trabalha profissionalmente desde 2009 em controle de fauna em aeroportos, galpões, resort's e etc. Fundou o site falcoaria online para disseminar a falcoaria por todo solo nacional. Ex-presidente da ABFPAR e diretor da AMF.

Pular para a barra de ferramentas